JÁ SE FALA EM DELAÇÃO PREMIADA DO EX-PROCURADOR

Circulou como uma bomba, entre ministros do Supremo Tribunal Federal (STF), a informação de que o ex-procurador Marcelo Miller, que foi braço direito do procurador-geral Rodrigo Janot, estaria inclinado a propor um acordo de delação premiada. 

A informação começou a circular após a notícia de que seria iminente a sua prisão, com o escândalo provocado pela nova gravação de Joesley Batista. 
DP