Prefeitura de Currais Novos esclarece motivo de interdição de trecho entre as praças Tomaz Salustino e Cristo Rei

A respeito da interdição do trecho da via pública entre as Praças Tomaz Salustino e Cristo Rei, a Prefeitura Municipal de Currais Novos esclarece que: 

- O Ministério Público ingressou com uma ação civil pública contra o município de Currais Novos e outros 11 comerciantes para discutir a utilização de mesas e cadeiras em calçadas e vias públicas

- O Poder Judiciário, em audiência conciliatória no dia 11 de abril presidida pelo Juiz Dr. Marcus Vinícius com a participação do Procurador do Município, Dr. Adriano Brandão; do Dr. Caio Túlio, representante dos proprietários dos estabelecimentos comerciais promovidos; do Secretário de Finanças do Município, Patrício Dantas; do subcoordenador de esportes do município, Uilames de Oliveira; do representante do SINDVAREJO, Helder Araújo; Marcelo Henrique Carvalho Cunha, técnico do Ministério Público; e do 1º Tenente da Polícia Militar, Comandante do Policiamento de Trânsito, Josean Dantas de Araújo Nascimento; decidiu-se por um acordo provisório de interdição do trecho de via pública destinada ao trânsito de veículos entre a faixa de pedestre em frente a Prefeitura Municipal à Farmácia Monalisa, de segunda à sexta-feira entre 18h30 e 6h30. 

- Está marcada para o dia 02 de maio às 9h no Fórum Municipal, uma audiência para avaliar este acordo provisório.