Jardim do Seridó reduz em 99% casos de dengue no 1º trimestre de 2017

Balanço do Núcleo Epidemiológico da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), aponta uma redução de 97% nos casos de dengue no primeiro trimestre deste ano, em relação ao mesmo período de 2016. Em janeiro foram 29 casos suspeitos, enquanto em fevereiro 288, e em março 790, totalizando no ano passado 1107 casos. 

No geral, até agora no ano de 2017 são 6 casos suspeitos, sendo 1 no mês de janeiro, 3 em fevereiro, e 2 em março. Com confirmação de 3 casos. 

O resultado é graças ao trabalho intenso das equipes da Prefeitura nos mutirões e ações através dos agentes de endemias. As equipes visitaram 8.002 imóveis desde o início dos trabalhados em janeiro, quando a prefeitura começou a campanha no combate ao mosquito Aedes aegypt transmissor da dengue, chikungunya e zika. 

Para o Setor de Endemias, Jardim do Seridó vem reduzindo os casos de dengue graças a conscientização da população e a campanha realizada pela Prefeitura desde o início de janeiro deste ano. São apenas três casos registrados por dengue este ano. 

Segundo a Secretária de Saúde Elda Rinaldi, a redução das notificações não significa que o município vai baixar guarda. “Os mutirões vão continuar e os trabalhos de visitas de rotina nos imóveis também. Vamos continuar em alerta, porque qualquer descuido, o mosquito volta a proliferar porque a temporada de chuva não parou”, enfatizou. 

Nos imóveis onde os mutirões passam os focos dos mosquitos são eliminados com larvicida pelos agentes de endemias. Os servidores da Secretaria de Obras e Serviços Urbanos fazem a limpeza e retiram entulhos, materiais recicláveis e fazem o roço. Estratégias criadas pela prefeitura apresentam bons resultados.